Telangiectasias Tratamento a Laser para Varizes!

Cientificamente eles são chamados de telangiectasias, o médico mais indicado para avaliar esse tipo de transtorno é o angiologista.

Aqui indicamos as melhores formas de tratamento para secar os vasinhos e pequenas varizes das pernas. Dessa forma, é importante o retorno ao médico Cirurgião Vascular após a sessão para verificar se algum coágulo se formou dentro dos vasos tratados.

Se isso ocorrer, é recomendável realizar a retirada do coágulo através de pequena incisão em cima do vasinho ou seja, (espremer como se fosse uma espinha).

TELANGIECTASIAS QUANTAS SESSÕES

O número de sessões varia de acordo com o tipo de veia e quantidade de vasos. Por isso, é importante que o cirurgião vascular seja consultado antes da realização da escleroterapia para que sejam avaliados os riscos da realização desse procedimento.

Mas esse mesmo paciente pode ter veias que nutrem esses vasos e devem ser tratadas de forma diferente, até varizes nas safenas ou refluxo em veias profundas, que requerem outros tratamentos. Não basta só eliminar os sintomas, devemos conhecer as causas antes de fazer o tratamento.

EM CASO DE DOR E DESCONFORTO

Em caso de dor ou desconforto nas pernas realizar repouso por 20 a 30 minutos. É importante salientar que todo tratamento de escleroterapia deve ser indicado e realizado por um Cirurgião Vascular.

VEIAS DILATADAS

Já as veias dilatadas o tratamento deve ser feito com laser específico (NDYAG 1064), pois a luz pulsada não é capaz de resolvê-los. Em geral 3 a 5 sessões são suficientes para resolver a grande maioria dos casos.

Esses vasinhos são as veias superficiais, chamadas em alguns casos de capilares, que tem sua qualidade da parede do vaso comprometida e não exercem mais ou exercem de forma ineficiente sua função que é o retorno venoso.

Entretanto o vasinho não evolui para varizes, por exemplo, pois esta, trata-se de uma veia de calibre maior comprometida. Se tiver algum problema ou urgência, dirija-se ao seu médico ou especialista  de saúde da sua região.

HOMENS ESCLEROTERAPIA

Os homens, na contramão, deixam a coisa se arrastar por anos — por descuido ou por não reparar nos vasos irregulares em meio aos pelos das pernas.

Ainda bem que dá pra intervir muito antes de a situação ficar desse jeito. Além disso, a anatomia do ser humano é muito complexa e a proximidade de nervos e artérias das veias, em pessoas inabilitadas, causar acidentes desastrosos.

RISCO DE FAZER ESCLEROTERAPIA

Por exemplo, se o medicamento para fazer escleroterapia for administrado em uma artéria, podemos ter uma trombose arterial com perigo de perda do membro e até da vida.

Embora o método seja aparentemente simples, não está isento de complicações gerais e locais, quando realizado por não especialista, principalmente se ele não for médico.

TELANGIECTASIAS TRATAMENTO DE VARIZES  A LASER

Com o aparecimento dos tratamento de varizes com laser e radiofrequência, no caso para as veias safenas, diminuiu-se a necessidade e tempo de repouso, recomendando-se andar já em 24 horas. após a primeira semana recomenda-se andar normalmente, com uso de meias elásticas conforme a orientação do seu cirurgião vascular.

Para se avaliar o resultado de escleroterapia ou do laser trans dérmico (no seu caso o tratamento combinado) deve-se aguardar de 3 a 4 semanas. Assim como pode ocorrer um efeito chamado matting (ou nuvem teleangiectásica)(pequenos vasinhos avermelhados aos redor de onde foi realizado o procedimento).

O matting pode ser persistente, mas geralmente desaparece em torno de 2 meses. Fique tranquila, hidrate a pele, evite exposição solar e retorne ao seu médico para reavaliação.

TELANGIECTASIAS ONDE O PROCEDIMENTO É REALIZADO

Geralmente, esse procedimento é realizado no próprio consultório, sob anestesia local. A Telangiectasia é um problema vascular, ou seja, são veias que estão localizadas abaixo da epiderme.

Por esse motivo, é muito difícil que um cosmético, ou mesmo um medicamento tópico, consiga tratar o problema.

Alguns antibióticos tópicos como a clindamicina, usada no tratamento de varizes e rosácea podem ajudar a diminuir a vermelhidão e a inflamação no local, mas mesmo eles não atuaram sobre os vasos. Os famosos vasinhos são problemas estéticos que não comprometem a saúde.

VARIZES OU VASINHOS

As varizes menores, chamadas também de veias varicosas ou simplesmente vasinhos”, são mais fáceis de serem tratadas e respondem muito bem ao tratamento feito com o suco de uva e as massagens locais.

Porém, as varizes mais grossas podem necessitar e tratamento mais adequado, podendo ser necessária a toma de remédios indicados pelo médico ou a realização de cirurgias específicas.

De acordo com os médicos ouvidos por SAÚDE, as mulheres, mais sujeitas à intempérie, costumam marcar consultas com maior frequência e rapidez.

Veja Também:http://www.biografia.inf.br/varizero/