Servidores do município poderão deflagrar greve geral

Servidores do município poderão deflagrar greve geral
Representante da categoria alertou para possibilidade de greve geral (Foto: Reprodução/Blog do Sinspumab)
Representante da categoria alertou para possibilidade de greve geral (Foto: Reprodução/Blog do Sinspumab)

“A luta é sempre em favor do servidor”, é o que garante o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Areia Branca (Sinspumab), José Pedro Neto.

A afirmação foi feita através de um contato com o VOZ DE AREIA BRANCA para informar sobre as decisões tomadas em Assembleia Ordinária realizada ontem (21) na sede do sindicato.

Ao reafirmar a defesa dos interesses da categoria, Pedro Neto declarou a entidade sindical que não compactua com interesses partidários, embora esteja em constante diálogo com representantes políticos dos poderes executivo e legislativo, e, eventualmente com expoentes da política local.
“Toda e qualquer conversa ou reunião, caminha sempre na busca de soluções concretas que garantam direitos e benefícios aos servidores do município”, declarou.

Ainda na conversa, o presidente do Sinspumab informou que no próximo dia 27 de janeiro acontece uma parada de advertência e que a partir das 09h a categoria fará uma caminhada pelas ruas da cidade para reivindicar uma série de questões.

De acordo com o representante sindical, a última assembleia deliberou que os professores não participarão da semana pedagógica e poderão iniciar o ano letivo em greve, caso não sejam cumpridas as obrigações legais como o pagamento do mês de dezembro de 2015 e o abono de férias.
“Para compensar a ausência na semana pedagógica, os educadores participarão de palestras e mini-cursos em paralelo ao evento oficial”, informou.

O Sinspumab alertou também para a possibilidade eminente de deflagrar uma greve geral após o próximo dia 27 de janeiro em razão de uma série de questões de interesse dos servidores que não estão sendo cumpridas.

Friolar