Sem Censura debate a intolerância religiosa com pesquisadores e representantes de projetos sociais

Foto: Divulgação
Dia 21 de janeiro marca o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

No Sem Censura de sexta (20), a apresentadora Vera Barroso recebe a jornalista Luciana Barreto, o filósofo e historiador André Barroso, o babalorixá Ivanir dos Santos (porta-voz da Comissão de Combate a Intolerância Religiosa do Rio de Janeiro), a professora Janete Ribeiro (à frente do Projeto Saravá), o professor de ciências políticas Wallace de Moraes e o diretor de TV Thomas Miguez.

Janete Ribeiro abre o programa explicando como o “Projeto Saravá” influencia a educação de crianças e jovens do Colégio Brigadeiro Newton Braga, no Rio de Janeiro. Pelo projeto, são organizadas oficinas, rodas de conversa, exposições, dança e contação de histórias. Nas atividades, a diversidade étnico-religiosa é trabalhada de forma lúdica e participativa. “Venho de um movimento negro que acredita no diálogo entre povos”, argumenta a professora.

O babalorixá Ivanir dos Santos acrescenta que “Marchar não é Caminhar”, termo que intitula sua tese de doutorado. Segundo Ivanir, na caminhada há troca, enquanto na marcha existe afronta, conflito. Ele ressalta que, no Brasil, a intolerância religiosa é mais discutida com base em emoções do que na razão.

Pesquisador do Laboratório das Experiências Religiosas da UFRJ, o professor André Barroso lembra que a intolerância é fruto de séculos de Idade Média, em que predominava o domínio de uma religião sobre outra.

Apresentadora do noticiário Repórter Brasil Tarde, a jornalista Luciana Barreto questiona até que ponto a lei 10.639/2003 tem sido aplicada. A lei torna obrigatório o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira em escolas de ensino fundamental e médio, sejam particulares ou públicas. Ainda inclui no calendário escolar o 20 de novembro como Dia Nacional da Consciência Negra.

Thomas Miguez compartilha suas experiências como produtor e diretor da série “Entre o céu e a Terra“, cuja segunda temporada estreia dia 22 de janeiro, na TV Brasil. A série abre um espaço de debate e reflexão sobre ideias e conceitos das religiões e crenças em atividade no país. O programa investiga as religiões, suas vivências e manifestações. No sábado, dia 21, acontece pré-estreia da série, às 20h30.

Serviço:

Sem Censura – Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Sexta-feira, 20 de janeiro, às 16h, na TV Brasil.

Apresentação: Vera Barroso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *