Candomblecistas de Areia Branca realizaram cortejo em homenagem a Iemanjá

Umbandistas e Candomblecistas embarcaram para entregar oferendas à Iemanjá (Foto: Carlos Júnior)
Cortejo que acontece desde o ano 2000, reúne centenas de pessoas no Marco Zero de Areia Branca (Foto: Carlos Júnior)

Mesmo enfrentando dificuldades estruturais por falta de apoio do poder público, as casas de religiões afrobrasileiras de Areia Branca realizaram o tradicional cortejo em homenagem ao orixá Iemanjá, na tarde deste sábado (31).

A caminhada saiu da Casa de Cultura de Matriz Africana Ile Asé Dajó Ìyá Omí Sàbá, na rua Duque de Caxias, percorreu o centro de Areia Branca, e foi até o Cais Tertuliano Fernandes, onde os religiosos e alguns poucos turistas embarcaram para a entrega das oferendas à divindade na foz do Rio Mossoró.

Em função da ausência de incentivos como carro de som e custeio das balsas para o evento, somente uma balsa foi custeada com recursos próprios das casas de candomblé, deixando um considerável número de fiéis e turistas impedidos de embarcar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *