Cobrando negociação direta com a prefeita, servidores rejeitam proposta e greve continua

Assembleia Geral rejeita proposta e pede 20% de reajuste salarial. Greve continua por tempo indeterminado (Foto: Reprodução/Canal Areia Branca)
Assembleia Geral rejeita proposta e pede 20% de reajuste salarial. Greve continua por tempo indeterminado (Foto: Reprodução/Canal Areia Branca)

Durante a realização da Assembleia Ordinária convocada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Areia Branca (Sinspumab), ocorrida na manhã desta sexta-feira, 02, os servidores técnicos do município de Areia Branca discutiram e rejeitaram a proposta de reajuste salarial de 10% que foi apresentada à categoria pelo Poder Executivo em reunião ocorrida no último dia 29.

A reunião foi aberta pelo presidente do Sindicato José Pedro Neto que fez explanações das reivindicações do órgão em prol da categoria.

O Secretário de Administração Naelson Oliveira que esteve presente nas discussões representando a prefeita Luana Bruno (PMDB), detalhou acerca da proposta do executivo em reajustar os salários das categorias paredistas em 10%, sendo que seria concedido 6% no mês de maio e outros 4% em junho, o que foi rejeitado pela maioria dos servidores presentes.

O representante do executivo disse ainda que um estudo aprofundado na folha de pagamentos da prefeitura foi encomendado à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), com a intenção de verificar a viabilidade de melhores condições salariais. Na oportunidade, os grevistas reivindicaram ainda a participação na auditoria a ser realizada.

Contraproposta

Em meio aos debates, a Assembleia Geral decidiu por apresentar ao executivo, uma contraproposta em que seriam reajustados os salários dos servidores técnicos em 20% no pagamento de maio com retroativo ao mês de abril.

A partir da próxima semana, o Sinspumab apresentará a proposição, afirmando ainda que a comissão grevista só negociará na presença da prefeita Luana Bruno.

Até que haja nova assembleia, os servidores permanecem em greve por tempo indeterminado.

Leia mais:
Em reunião, executivo apresenta proposta aos servidores em greve

Técnicos do município deflagram greve reivindicando reajustes salariais

4 opiniões sobre “Cobrando negociação direta com a prefeita, servidores rejeitam proposta e greve continua

  • 3 de Maio de 2014 em 23:14
    Permalink

    acho que muita gente está pagando preço por esses palhaços e babacas,enchem a boca de tecnicos e no fim não passam de babacas…contratem terceirizados e não paguem o salario deles q resolvem rapido…10 por cento ta bom,aceitem logo deixem de jogo sujo…

  • Pingback: Executivo acata proposta e Técnicos encerram greve » Voz de Areia Branca

  • 6 de Maio de 2014 em 10:49
    Permalink

    PAULO VC NÃO RESPEITA A CLASSE DOS TECNICOS DE ENFERMAGEM ELES SÃO BASTANTE QUALIFICADOS. E ACIMA DE TUDO PROFISSIONAIS E MERECEMOS SALARIO DIGNO.A PREFEITA ELA SENDO TAMBÉM UMA PROFISSIONAL DA SAÚDE DEVERIA RESPEITAR MAIS OS SEUS FUNCIONARIOS.

  • 6 de Maio de 2014 em 17:43
    Permalink

    É seu Paulo, parece que não ouviram suas preces, então vá estudar e ver se passa no concurso, porque não vão contratar terceirizados não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *