«

»

jan 27

Imprimir Post

Opinião: Carnaval 2013: ter ou não ter, eis a questão

Carnaval de Areia Branca - Largo da FoliaHá uma expectativa e apreensão de muitos quanto a questão se a Prefeitura Municipal de Areia Branca vai realizar ou não o carnaval 2013, a exemplo do que vinha ocorrendo há alguns anos atrás em grande estilo. Praticamente a uma semana antes e até agora não se sabe se haverá ou não esse carnaval.

Quero expressar minha opinião sobre o assunto considerando alguns aspectos legais e racionais, e, quero deixar bem claro, sem nenhuma conotação do ponto de vista político-partidário.

O carnaval deste ano está envolto a uma questão de relevância social e requer dos cidadãos um pouco de consciência solidária. É de conhecimento de todos (ou deveria ser) que, por conta de uma das maiores secas ocorridas em nosso querido Nordeste durante o ano de 2012, a Governadora Rosalba Ciarline decretou Estado de Emergência, se não me engano, em mais de 130 municípios no Rio Grande do Norte, incluindo, inclusive, o município de Areia Branca. A escolha de incluir ou não o município nesse estado de emergência foi única e exclusivamente da Governadora, que em nenhum momento, pelo que sei, consultou algum prefeito para saber se realmente poderia ou não incluir esse ou aquele município.

Com isso, criou-se uma espécie de barreira para os gestores. Os prefeitos ficaram impossibilitados, legalmente, de promoverem grandes eventos/festas patrocinados com dinheiro público quando, em seu município, milhares de pessoas, praticamente na zona rural, sofriam diariamente o drama da falta d´água para o consumo humano e animal.

O raciocínio era lógico e legal: se há um drama social, pessoas passando fome e sede por causa da seca, como é que o gestor vai gastar uma quantia bem considerável de recursos públicos com contratação de bandas, cantores, palcos e tantas outras despesas para promover shows?

Por conta disso é que o prefeito Souza não realizou a festa social no mês de agosto de 2012 e nem a festa da emancipação política em outubro. Por conta disso é que outros prefeitos também não realizaram eventos dessa natureza em seus municípios, tudo por conta desse decreto, que a meu ver foi certo sim. A Governadora usou do seu poder, mas para o bem, pensando no melhor para atender os mais necessitados nesse período e não para apenas o oba oba de festas sociais que consomem rios de dinheiro dos cofres públicos.

E mais: entre os meses de julho ou agosto, se não me engano, a Governadora Rosalba prorrogou a vigência do referido decreto por mais seis meses, que justamente inclui ainda o período do carnaval.

Agora, digo uma coisa: independentemente de quem seja o gestor, no caso específico aqui de Areia Branca, tanto faz a prefeita ser Luana Bruno ou mesmo que fosse Iraneide Rebouças, a situação era a mesma: nenhuma poderia descumprir o tal decreto, uma vez que o Ministério Público já encaminhou uma recomendação explícita aos prefeitos recomendando a não realização de eventos como esses com dinheiro público, se o município estiver incluído na relação de estado de emergência.

Então, a realização ou não do carnaval de Areia Branca, neste ano, repito, não é uma decisão pessoal da prefeita Luana Bruno. Não cabe a ela passar por cima do decreto. E repito: nem que Iraneide Rebouças fosse a prefeita poderia fazer isso também.

Alguém poderia dizer: Mas se fosse Iraneide, como ela é do grupo político da Governadora, conseguiria uma espécie de autorização seja lá de quem fosse e haveria carnaval sim.

Ora, se isso ocorresse, tanto ela quanto a própria Governadora ou seja lá qual promotor ou juiz fosse que autorizasse a realização do carnaval nessas circunstâncias, estariam cometendo um tremendo erro administrativo. Poderiam até conseguir realizar, mas seria uma afronta à situação de pobreza e seca dos nossos concidadãos espalhados nesses municípios que sofrem diariamente as mazelas da seca na zona rural.

Talvez pelo fato da gente morar aqui na cidade, que não sabemos o que é viver sem água em nossas casas, talvez achemos no direito de menosprezar o sofrimento que uma seca desse tipo causa na vida de tantas pessoas por aí.  Aliás, você já parou pra pensar o que a gente diz contra a Caern, quando a bomba do nosso poço quebra e a cidade passa um dia ou dois sem água? Já viu o sufoco? É… É aquela velha historinha: “pimenta” naquilo dos outros…

Alguém poderá dizer: mas em Macau haverá carnaval, pois, mesmo estando incluído na relação dos municípios em estado de emergência, o prefeito vai realizar por conta própria. Se isso ocorrer mesmo, digo também que ele está erradíssimo, erradíssimo, erradíissimo.

Posso não ser um folião dos mais afoitos. Mas defendo e gosto do carnaval sim. É uma festa popular e democrática, onde poucas vezes o pobre tem a oportunidade e o mesmo direito do lazer do rico. Mas nas atuais circunstâncias, repito, é ilegal, imoral e grande falta de espírito de solidariedade da nossa parte defender o carnaval no estilo de grandes eventos públicos patrocinado pela Prefeitura Municipal, seja lá quem for o seu gestor.

É para manter a tradição, dizem. Tradição? Tudo bem. Vamos fazer o nosso carnaval tradicional, que é o carnaval de rua mesmo, como antigamente. Todos embalados agora ao som de paredão, com músicas antigas ou novas, ou bandinhas, e pode-se pular o dia todo e emendar com a noite toda. Seria resgatar a nossa tradição mesmo.

Para concluir: Defendo o carnaval sim, mas neste ano, por conta da seca e do estado de emergência em nosso Estado, o Poder Público não pode e nem deve promovê-lo em grandes eventos. Façamos o nosso carnaval de rua com paredões; quem sabe não seja diferente, simples, mas animado. Quem não quiser, procure outro lugar.

Portanto, deixemos de querer aproveitar a ocasião para transformar um momento tão sério e delicado em questões partidárias locais: não cabe a Luana Bruno, ou seja lá quem fosse, promover esse tipo de carnaval neste ano. Se ela vier a fazer, estará errando também. Se alguém quer transformar isso num palco eleitoral, que vá protestar e criticar da Governadora.

É isso aí.

Gilson de Souza
Professor

Link permanente para este artigo: http://vozdeareiabranca.com.br/2013/01/27/opiniao-carnaval-2013-ter-ou-nao-ter-eis-a-questao/

9 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. olavo silva

    vc falow e ñ disse nada, quando sai a decisão se vai ter carnaval ou não, quem vai tomar essa decisão seja especifico !!
    vc tem que ser a favor do carnaval pq é bom pra econômia do municipio ñ seja hipocrita !!

  2. +1 BESTA

    MAIS 1 COMPONENTE DO CORDÃO DOS PUXA-SACOS ?

  3. +1 BESTA

    MAIS 1 COMPONENTE DO CORDÃO DOS PUXA-SACOS ? carnaval só em MACAU , LÁ SIM AS COISAS ACONTECEM !!!!!!!!

  4. Luiz Paulo

    Prezado Gilson de Souza,
    venho por meio deste comentario demonstrar a minha indignação diante do exposto pelo senhor no texto acima.Tenho de convir q

  5. Luiz Paulo

    Prezado Gilson de Souza,
    Venho por meio deste breve comentário manifestar a minha indignação e repudio ao exposto pelo senhor acima. Tenho em consciencia que o Nordeste está passando por uma das maiores secas das últimas décadas,e temos de ser solidários aos nossos irmãos.Lanço aqui em mão um questionamento: Não realizar o carnaval na cidade de Areia Branca irá solucionar ou amenizar a seca?Creio que não. O carnaval é uma festa universal e tradicional, não sendo apenas como um simples ”Circo” como deu a entender o exposto pelo sr. Os eventos carnavalescos ao meu ver não são apenas gastos,mas sim investimentos! Pois todo o dinheiro aplicado nessa festança toda geram retorno. Uma vez que movimentam a rede hoteleira local,o setor supermercadista,o mercado de lojas de roupas e sapatos, e abrangendo pessoas comuns por terem a oportunidade de venderem a sua cervejinha e apanharem uma renda extra. Sem contar nos diversos turistas que vem depositar dinheiro aqui. A partir disso o senhor há de convir que o carnaval não pode ser visto apenas como uma ”brincadeira” com o dinheiro público,mas sim um Investimento, e que traz um retorno rápido!
    Tenho de concordar com o senhor que a prefeita tem de respeitar um decreto estadual. A partir disso lanço mais um questionamento: Poderiamos considerar uma falta de força politica por parte da chefe do poder executivo? Uma vez que a nossa cidade vizinha de Macau irá realizar o carnaval por meio de uma liminar. Areia Branca não poderia fazer o mesmo?E se o dinheiro não for gasto com o carnaval, pra onde esse dinheiro vai?
    Atenciosamente,

  6. vou na burrinha

    O CORDÃO DOS PUXA-SACOS CADA DIA AUMENTA, SÓ SENDO CEGO OU IMBECIL EM DIZER QUE A PREFEITA JUNTO COM SUA EQUIPICÃO , SE ESFORÇARAM PARA REALIZAR O CARNAVAL DE AREIA BRANCA , POIS MACAU REALIZARAR O CARNAVAL E VAI TER PUNIÇÃO? POIS AREIABRANQUENSES ESTÃO ACABANDO COM TODAS AS TRADIÇÕES DE NOSSA TERRINHA , ESTA ESTORIA DE AGUARDA UMA DEFINIÇÃO ERA TUDO CONVERSA AFIADA, PRIMEIRA DE VARIAS KHDAS QUE VIRÃO POR AI !!! AREIA BRANCA CONTINUA SENDO A TERRA DO JÁ TEVEEEE!!!! EENQUANTO ISSO OS QUE DIZIAM ESTA SE EMPENHANDO PARA REALIZAR O CARNAVAL , VÃO DESCANSAR, PASSEAR POR OUTROS CARNAVAIS , ENQUANTO ISSO OS MENOS ESCLARECIDOS E OS PUXAS VÃO FICAR CHUPANDO O DEDO !!!!!!!!!!!!! VIVA MACAUUUUUUUUUU !!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Tony Albino

    Isso é uma verdadeira canalhice, estes hipócritas estão defendendo o seu emprego, todos são cargos comissionados e ficam tentando ludibriar o folião e o povo de Areia Branca. A nossa cidade não vive exclusivamente da agricultura, vive da extração do sal e a chuva muitas vezes vem a prejudicar a colheita. Macau manterá o seu tradicional carnaval, sendo visto como um dos melhores do nosso estado. A cidade de Caicó que está sendo castigada pela falta de chuva também realizará um grande carnaval, e muitas outras que terão a festa momesca, porém meus amigos essa conversa de governo proibir carnaval é só balela e conversa mole, agora se o poder público quer faturar alto com falcatruas em cima da festa e a Justiça está de olhos abertos aí é outra coisa.
    Lamentavelmente a nossa Areia Branca se torna a cidade do já teve, agora também sem carnaval…

  8. Millena Cristhie

    Já sei… Contendo os gastos do carnaval que arrecada muitos MILSSSS, vai comprar a chuva pro nordeste, inclusive pra areia branca, não é???… Me poupe, não subestimem nossa inteligencia, verba contida, não gera rendimentos. E certamente depois iremos ver onde foi parar esta contenção de gastos..
    Hipocrisia falar em irmandade, quando os gestores deixam cofres vazios.

  9. salinesia

    concordo c/ a MILLENA… ela só esqueceu de citar qm conteu a verba… graças a DEUS saimos do governo DOS CUNHAS….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>